Você já deve ter escutado essa frase por aí: empreender não é uma tarefa fácil. O que pode parecer clichê, na verdade, traduz a realidade de grande parte do empresariado brasileiro. Isso porque existem inúmeros desafios que as pequenas e médias empresas que precisam superar para que consigam seu espaço no mercado.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), as pequenas e médias empresas correspondem a 27% do Produto Interno Brasileiro (PIB). Apesar dessa importância para a nossa economia, 33% desses negócios não sobrevivem aos primeiros dois anos de atividade.

A concorrência não é o principal motivo para esse desempenho. A taxa de mortalidade das empresas se deve, na maioria dos casos, aos problemas de gestão, erros de processo e má administração financeira. São esses aspectos que o empresariado brasileiro precisa melhorar na hora de empreender.

Neste artigo, vamos apresentar alguns dos principais desafios das pequenas e médias empresas. Quer saber mais? Então não deixe de acompanhar os próximos parágrafos!

1. Planejamento

A primeira palavra que deveria aparecer no vocabulário de qualquer empresário é planejamento. Porém, é comum ver empresas abrindo as portas e dando início às suas atividades sem o mínimo de organização e conhecimento de mercado. Nesses casos o destino é bastante claro: encerrarão logo seus trabalhos.

Existem diversos detalhes que precisam ser levados em consideração na hora de abrir um negócio: documentos legais, tributos a serem pagos, contratação de funcionários, escolha do melhor ponto, análise de concorrência, precificação, escolha de fornecedores, planejamento de marketing, entre outros. Há diversos aspectos que devem ser observados e trabalhados pelo empresário. Para não errar deve ser elaborado um plano de negócios abrangente, definir metas e objetivos, estudar tudo o que envolve o seu negócio e estabelecer um sistema de trabalho e cronograma de ações. Assim, fica mais fácil desenvolver a empresa.

2. Tributos

Não é novidade: o Brasil conta com uma das maiores cargas tributárias do mundo e têm influência direta no resultado das pequenas e médias empresas do país. Afinal, os tributos impactam não somente o bolso do empresário, mas também são determinantes na precificação de produtos e serviços.

Além dos altos valores desses tributos, o empresário ainda precisa lidar com todo o aparato do sistema tributário nacional. Repare na quantidade de obrigações que é preciso cumprir: impostos sobre os resultados obtidos, tributação por produto vendido ou serviço prestado, encargos sociais, divulgação de demonstrativo, dentre outros.

Essa burocracia, ainda, é alterada constantemente, o que dificulta o seu cumprimento e pode acabar prejudicando as empresas — já que ficam sujeitas à multas e outras penalidades. Para não ter dor de cabeça, é importante que o empresário conheça bem a legislação e recorra sempre a um contador.

3. Concorrência

O mercado é altamente competitivo e para conquistar o seu espaço é preciso mais do que empenho e disposição para trabalhar. Como já abordamos neste artigo, planejamento é essencial para levar o seu negócio adiante. Nesse aspecto, é de grande importância conhecer o mercado em que está inserido.

Além de concorrer com empresas do mesmo porte, é comum encontrar concorrentes maiores, com mais tempo de atuação e melhor estruturados. Nessas situações, é preciso planejar e se preparar para enfrentar esses desafios. O conhecimento de mercado é essencial para que o empresário possa encontrar o seu espaço.

Dessa forma, é preciso mapear quem são seus concorrentes diretos e indiretos, como eles se comportam, qual a forma de trabalhar e relacionar com os clientes, os pontos fortes e fracos de cada um e quais as oportunidades de mercado existem para a sua empresa. Assim, conseguirá definir os melhores diferenciais e conquistar clientes.

4. Motivação dos funcionários

Existem diversos aspectos fundamentais para o sucesso de uma empresa e o time de colaboradores é um deles. Não basta ter pessoal suficiente para executar as atividades necessárias, é preciso, também, contar com profissionais talentosos, capacitados e motivados para o trabalho.

Porém, as pequenas e médias empresas têm um grande desafio que é trabalhar essa motivação, afinal, funcionários que não estão satisfeitos tendem a mudar de emprego. Isso significa perder talentos e, ainda, arcar com os altos custos atrelados ao desligamento de um colaborador da sua empresa.

Para evitar essas situações, é interessante desenvolver planos de carreira, criar mecanismos de incentivo e reconhecimento e investir em um processo de qualificação continuada. Com isso, é possível diminuir a taxa de rotatividade e, ainda, desenvolver projetos de longo prazo com mais eficiência.

5. Presença online

De nada adianta contar com um negócio bem estruturado, conhecer bem o seu mercado, desenvolver bons diferenciais se o público não conhecer a sua empresa. Por isso, o marketing é tão necessário para qualquer negócio: além de trabalhar a sua marca, leva seus produtos ou serviços até os clientes.

Atualmente, a internet representa uma grande oportunidade de marketing para as pequenas e médias empresas. A divulgação online exige um grau menor de investimento e, se bem trabalhada, tem um potencial enorme para alcançar as pessoas, se relacionar com elas e conquistar novos clientes.

Porém, para ter uma boa presença online, é preciso desenvolver bons canais de comunicação. Criar um site, blog e perfis nas redes sociais é necessário para quem deseja se destacar. Mas não basta contar com esses canais de comunicação, é necessário criar conteúdos interessantes e atualizá-los constantemente.

Assim como acontece com a sua empresa, as suas estratégias de marketing precisam ser bem planejadas e estruturadas para que possam atingir o seu público alvo e gerar bons resultados para o seu negócio. Hoje em dia não dá para obter os melhores resultados sem contar com uma presença online forte.

Os desafios das pequenas e médias empresas são vários mas, com planejamento, automação de processos e disposição, é possível desenvolver a empresa e conquistar o mercado. Não perca tempo e comece logo a estruturar o seu negócio para que possa conquistar resultados ainda melhores!

O que achou deste artigo sobre o desafio das pequenas e médias empresas? Deixe um comentário contando a sua história e nos mostrando as suas ideias, opiniões e experiências!

Escreva um comentário